Busca de Emprego no Canadá

emprego no canadá

Eaí pessoal, tudo bom? Nesse post falaremos um pouco mais sobre como procurar emprego no Canadá, mais especificamente em Winnipeg, e se preparar para o mercado de trabalho.

Para começar devemos esclarecer uma dúvida frequente dos leitores que é: “como é o mercado de trabalho em Winnipeg/Canada?”.

Sabemos que a ansiedade é grande em relação a esse assunto. Nós tivemos essa mesma ansiedade e pesquisamos muito sobre o assunto antes de vir. Mas essa é uma questão muito abrangente, que envolve muito mais do que a nossa mera experiência por aqui e o nosso limitado conhecimento.

O mercado de trabalho envolve não somente a situação econômica do Canada mas também demandas específicas de cada tipo de indústria. Para saber um pouco mais sobre a economia do Canadá, áreas “em demanda” e pisos salariais, visitem o site: http://www.jobbank.gc.ca/. Este é um site oficial no qual você poderá encontrar informações desde a taxa de desemprego, overview de ocupações, tendências, até vagas de emprego anunciadas.

Tendo isso esclarecido, vamos passar para a parte prática. Vamos lá?

 

Onde procurar por vagas?

Os sites mais usados para busca de vagas são:

O Indeed, o Wokopolis e o Monster te darão a possibilidade de cadastrar seu currículo e uma carta de apresentação. Nós sugerimos que o faça, pois as empresas poderão te encontrar mesmo que você não tenha enviado um CV para a vaga.

 

Quando procurar por vagas?

Antes de chegar ou depois de chegar? Antes E depois.

Recomendamos que busquem por vagas antes de chegar, como uma fase preparatória. Não é o momento no qual você irá efetivamente enviar seu CV, mas servirá como base de pesquisa.

Busque por vagas de seu interesse e leia a descrição das vagas. Procure pelos Job Requirements e analise qual a melhor maneira de se preparar para esse mercado. Cada mercado de trabalho tem necessidades diferentes, assim como no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo.

Fazendo isso você poderá desenvolver seu currículo de forma mais satisfatória e se sentirá mais confiante quanto ao mercado ao chegar aqui.

 

O que é necessário para conseguir um emprego?

  • SIN Number (FUNDAMENTAL)
    Esse é o Social Insurance Number, e todas as pessoas qualificadas para trabalhar no Canada (i.e com tipo de visto que permita trabalhar aqui) deverão obter um assim que chegar. Mais informações sobre o SIN aqui: http://goo.gl/YnQhJQ 

 

  • Currículo (Resumé) –
    Não posso afirmar que TODOS os tipos empregadores exigem um currículos. Mas certamente para empregos mais formais você irá precisar de um.
    O currículo deverá estar em inglês, e preferencialmente dentro do padrão canadense. Dicas sobre criação de CV no estilo canadense, aqui: http://www.youth.gc.ca/eng/topics/jobs/resume.shtml

 

  • Experiência – Bastante relativo. Assim como no Brasil, depende da vaga e depende do empregador.
    Já ouvimos muitos brasileiros que vieram pra cá dizendo que é fundamental ter a chamada “experiência canadense”. Afirmação da qual discordamos fortemente, mas não podemos garantir que não exista empregador que pense de tal forma.
    De qualquer forma, recomendamos que sempre incluam a observação “References upon requirement” ao final do Resumé, e tenha suas referências brasileiras preparadas para receber uma ligação de um possível empregador canadense.

 

  • Inglês – Fluência é fundamental para vagas formais (escritório). Enquanto que para vagas informais o nível de conhecimento da língua pode variar bastante.
    De forma geral, no mercado mais informal (incluindo hotéis, restaurantes, construção, etc) o nível de conhecimento deverá aumentar caso a função tenha contato direto com clientes.

 

 Quanto tempo demora para conseguir um emprego?

Depende! Depende da necessidade de cada indústria e empregador. Depende também da sazonalidade, se for o caso.

O tempo desde o envio do currículo até a contratação pode variar de 3 dias até 1 mês. Vai depender também do quão extenso é o processo burocrático de cada empresa. Número de currículos recebido, número de entrevistas necessárias, testes, etc, etc, etc.

O mercado informal, é claro, costuma ser o mais rápido em questão de processo.

 

 

Em resumo, procurar emprego no Canadá não é um bicho de 7 cabeças. É bem parecido com a maneira como fazemos no Brasil, na verdade. Certo? Só é importante lembrar customizar o currículo de acordo com o modelo deles, e preparar o inglês.

Bom, são esses os pontos que consideramos mais importantes quando se trata de busca de empregos no Canada. Esperamos que gostem e pesquisem muito mais a partir de agora, para estarem super preparados ao chegar!

*Vale repetir que não somos profissionais da área de RH para falar com total propriedade sobre requerimentos profissionais e processos. O que contamos aqui é puramente baseado na nossa experiência, por isso fizemos questão de passar referências externas para fortalecer a sua pesquisa.

 

Um abraço do Casal Abaixo de Zero e boa sorte!


36 Comments

  • Responder outubro 27, 2015

    Diogo Kesley

    Aê casal td bom? Mto boa a postagem de vcs, tem uns mimimi que a gente lê por aí e fica meio “bloqueado” com relação ao tema. Obrigado por compartilhar conosco suas percepções. E não deixem de postar.

    Abraço
    Diogo e Camila

    • Oie Diogo!
      A gente sabe super bem disso e ficamos muuuito apreensivos antes de vir, pensando que tudo era diferente e que era “praticamente impossivel” de conseguir emprego, e emprego legal, por aqui.
      Mas ao chegar aqui a gente percebe que nao tem bicho de 7 cabecas, e que no final eh tudo meio “parecido” mesmo.

      Boa sorte!

  • Responder outubro 29, 2015

    David

    Ótimo post!

    Uma pergunta…

    Vocês dois foram para o Canadá como estudantes?

    Eu e minha esposa queremos ir, mas só ela irá estudar. Aí gostaríamos de saber como foi o planejamento de vocês.

    Se somente um estuda, os dois já trabalham por aí ou não?

    Desde já, agradeço!

  • Responder outubro 29, 2015

    Gracy Kelly

    Casaaaaal! Que bom ver mais um post!

    Acompanho vcs pelo face e insta tbm!

    Em breve se Deus quiser estarei por ai!

    Obrigada por todas as dicas e fotos =)

    Bjao!

    • Gracy, muito obrigada pelo apoio!! \o/
      Ficamos felizes em saber que ta acompanhando a gente de pertinho! hahaha 😀

      BOa sorte, te esperamos por aqui!

  • Responder novembro 24, 2015

    Renato Oliveira

    Olá! Parabéns pelo ótimo blog e obrigado por compartilhar as informações.

    Minha questão é sobre o emprego. Durante minhas pesquisas para imigrar, ouvi muita gente falando que os empregadores canadenses tem um pouco de rejeição quanto ao OWP. Vocês perceberam isso também?
    @Rodrigo, você já está trabalhando, correto? Acredita que o fato de cursar o RRC auxiliou ou sua ocupação está mais atrelada à sua capacitação e experiência adquiridas no Brasil?

    Obrigado!! 🙂

    • Ola Renato,
      Nao sentimos qualquer rejeicao em relacao ao OWP. Mas como mencionamos no post, eles precisam de pessoas que falem a lingua com alguma fluencia.
      O Rodrigo trabalha, mas nao cursou RRC, e tambem nao trabalha na sua area de formacao no Brasil :/
      Em todo caso, ja foi chamado por algumas empresas para entrevistas, e no caso eles levam em consideracao sim, tanto a formacao quanto a experiencia na area no Brasil!

  • Responder dezembro 7, 2015

    Davi

    Ola, gostaria de saber o valor do salário mínimo atualmente no Canadá.

    • Ola Davi,
      Cada Provincia tem um salario minimo diferente. Em Manitoba o “minimum wage” eh de $11/hora.

  • Responder dezembro 10, 2015

    Lukas Freitas

    Aew, deram sinal de vida kkkk

    Depois de 1 ano sem postar, finalmente postaram algo!

    E aí, como está a vida em Winnipeg? Atualizem a gente sobre custo de vida e o principal, como é fazer um college aí? (falo em relação a dificuldade nas provas, principalmente envolvendo matemática. É muito diferente? mais difícil?)

    São tantas perguntas..rsrs

    Pretendo ir para o canadá e estou entre toronto e winnipeg.

    Achei um canal no youtube, de um casal que está aí também e no mesmo college de vocês…

    enfim, postem mais =]

    • Oie Lukas! hahaha Nem me fale, demoramos muito, mas continuamos aqui, firmes e fortes com blog! haha
      A gente vai atualizar tudinho, e agora estamos nos preparando para gravar videos pro Youtube, ja que muuuitos de voces pedem videos.
      Vou falar sobre o college e passar um custo de vida atualizado em breve, em video!

      Se tiver mais sugestoes de coisas que voce gostaria de saber, eh soh mandar pra gente! 😀

  • Responder janeiro 12, 2016

    Edilene

    Olá casal, já havia lido seu blog há alguns meses atrás e senti falta de posts novos, vi que os dois trabalham, gostaria de saber em que e se foi muito difícil conseguir emprego nesta área.
    Desde já muito obrigada!

    • Oie Edilene!
      A gente tem muita vontade de postar mais vezes, e muitas ideias novas que queremos compartilhar, mas por enquanto anda realmente muito complicado pra gente por causa da correria – trabalho, faculdade, estudos, etc. Mas estou planejando dar continuidade ao blog quando me formar e aí contar como foi toda a experiência até agora. Então em breve devo começar a postar com mais frequência e responder perguntas bastante comuns e interessantes!
      O Rodrigo trabalha em restaurante como Supervisor de cozinha. Não é difícil de conseguir emprego nessa área, mas ele trabalha em um restaurante um pouco mais “high-ended” que é bastante seletivo na escolha dos funcionários, e começou como Dishwasher – quando a gente chegou ele tinha o inglês bem básico e não conseguiu entrar direto na área dele (publicidade), então teve de começar por um emprego um pouco mais informal, só que aí as coisas deram certo no restaurante e ele recebeu muitas promoções desde então, chegando ao cargo de supervisão.
      Eu trabalho com pesquisa, em Marketing, e acho que tive um pouco de “sorte” misturado com a experiência e qualificação certa pra conseguir o emprego. Sorte pq é um pouco complicado encontrar emprego “em escritório” podendo trabalhar apenas as 20h/semana, e sempre no período da tarde (já que as aulas são pela manhã e tarde inteiras). Então lá onde trabalho eles adaptaram bastante no schedule para poder me encaixar. E aí a mistura de skils que eu tinha me garantiu a vaga.
      Acho que é isso! 😀 Continua acompanhando a gente que eu prometo, prometo, prometo que em breve a gente vai ter coisa nova por aqui!

  • Responder janeiro 13, 2016

    Rafael

    Olá Rodrigo e Jéssica,

    Me identifiquei muito com o processo que fizeram, gostaria de saber se vcs tem algum email que possa me enviar ( pelo meu email ) para conversamos melhor, já tirei muitas dúvidas com suas postagens, muito bem estruturadas e com uma clareza incrível !

    Eu e minha namorada estamos pesquisando a maneira mais coerente para ir e vcs me deram uma grande Luz.

    Eu já tenho uma vivência de 15 meses nos EUA como estudante (Boston) e ambos falamos inglês.

    Se possível, por gentileza nos mande um e-mail, ou deixe um contato para que possa escrever e falarmos, se assim possível, eu sei como é corrido, mas agradeço desde já

    Minhas dúvidas são basicamente quanto ao college e aos vistos e ao investimento total !

    Atenciosamente
    Rafael

    • Oie Rafael! Muitíssimo obrigada pelo apoio, a gente fica muito satisfeito em saber que gostam dos posts e que podemos ajudar de alguma forma \o/
      Por algum tempo não estamos mais tirando dúvidas através de e-mail ou mensagens pessoais por conta do grande volume, que a gente acaba não dando conta. E também pq gostamos de responder em aberto já que a sua dúvida pode ser a mesma de outra pessoa, e aí respondendo um, acabamos respondendo a vários de uma só vez hahaha
      Mas pode deixar as perguntas por aqui que a gente responde, sem problemas, ok? 😀

    • Responder abril 15, 2016

      Viviane

      Olá, parabéns pelo canal, muito bom.
      Gostaria de saber se é difícil arrumar “sub-emprego”, já que o meu inglês não é muito bom (tenho o inglês básico, estou começando o intermediário), estou estudando e pretendo estudar no Canadá.
      Obrigada.

  • Responder janeiro 17, 2016

    Jorge Lucas

    Olá, tenho uma dúvida, eu e minha namorada pretendemos ir para Winnipeg mais pra frente, e queriamos saber se é mais vantagem tentar logo o PR ou ir como estudante, já que com o PR se não me engano a faculdade fica mais barata, queremos estudar ai só que pelas nossas pesquisas vimos que iria sair muito caro ir como estudante, qual sua opinião?

    • É verdade que com a residência permanente os cursos ficam bem mais baratos. Em compensação o processo de obtenção do PR para quem está fora do país é um pouco mais complicado e demorado, por isso muita gente prefere fazer o investimento no curso, pois com isso consegue-se duas vantagens: uma graduação no exterior E facilidades no processo de imigração.

  • Responder janeiro 20, 2016

    bah!

    Olá Casal!

    Somos outro casal haha com até idades parecidas com vocês (eu 25, ele 30) e estamos querendo muito o ir esse ano para winnipeg 😀 e também quero estudar business (eu, Barbara rs) queria ter ido até antes (há uns 2 anos atrás, mas enfim rs só agora vai rolar!) ansiedade enooorme antes de tudo! E duvida, vocês “aplicaram” para o study permit quando? E para o college? E quando o college já dá a resposta? Se as aulas começam em agosto e estiver tudo pronto antes posso ir? Desculpa gente… É ansiedade mesmo :S

    Beijão! E parabéns pelo blog, estão ajudando muitoooooo!

    • Oie Barbara!
      Sobre as datas do application pro college e pro visto eu falei em detalhes aqui nesse post “Timeline para Winnipeg” (http://www.casalabaixodezero.com/timeline-para-winnipeg/), acho que ele vai esclarecer tudo direitinho 😀
      A gente chegou no Canada em Julho, que foi o que consideramos a melhor data pra gente, já que tinha bastante tempo tanto pra se preparar ANTES de vir, como DEPOIS de chegar. Isso foi com 2 meses de antecedência ao início do college. A gente já ouviu falar de pessoas que vieram com maior antecedência, mas não sabemos dizer se a imigração no aeroporto tem algum “problema” com isso :/

  • Responder fevereiro 26, 2016

    Francisco

    Aeh, casal, parabéns pelo site… muito informativo para nós que estamos nessa caminhada. Desculpem se não é o local correto, mas gostaria de fazer algumas perguntas… se tiverem a oportunidade de responder, ficarei muito grato. Pretendo ir para Manitoba com minha esposa, ela vai para o college. Eu vou trabalhar do que aparecer. E a pergunta é essa: É “fácil” conseguir emprego na construção civil, mesmo como ajudante na área de drywall? Conhecem alguém que trabalha nessa área? E o salário, que um ajudante ganharia por mês?
    Caso seja mais conveniente, podem responder apenas no e-mail.
    Obrigado e boa sorte!!

    • Ola Francisco.

      Nao temos grande conhecimento a respeito dessa area. Mas a facilidade em conseguir emprego geralmente depende das suas experiencias e conhecimentos tecnicos, alem de certo nivel de proficiencia na lingua inglesa. A melhor maneira para analisar a demanda do mercado – disponibilidade de vagas, required skills, etc. Seria atraves dos sites de busca como o Indeed, por exemplo. Buscando por “Construction Dry Wall” encontrei 4 vagas, sendo uma delas com um wage especificado de $28/hora – o que, por sinal, eh um otimo wage. Mas, novamente, eh necessario verificar quais sao os requerimentos para ocupar essa vaga.

  • Responder março 6, 2016

    Leticia

    Olá, parabéns pelo blog, muito bom.
    Vc disse que deu sorte em conseguir um trabalho part-time. É muito difícil para os estudantes conseguirem trabalho?

    • Eu dei sorte em conseguir um trabalho part-time na minha área de estudo e interesse!
      É um pouco complicado conseguir unir o útil ao agradável e conseguir trabalhar em escritório quando você passa a maior parte do dia na faculdade, e esse emprego ser especificamente na sua área de estudos.
      Não é difícil de conseguir trabalhos part-time, mas a grande maioria deles são na indústria de hospitalidade, alimentos e bebidas, ou áreas com schedules mais informais.
      O programa de Business Administration tem as aulas marcadas durante todo o período da manhã e grande parte da tarde, então é complicado conseguir trabalhar em um escritório que fique aberto até mais tarde para acomodar isso.

  • Responder março 20, 2016

    Carlos Ortiz Alt

    Em primeiro lugar, gostaria de parabenizá-los, tanto pela iniciativa em mudar de vida quanto pelo blog, que é simplesmente espetacular.
    Em uma resposta acima, vocês mencionam que o salário mínimo na província de Manitoba é de $11/hora.
    Meu questionamento é o seguinte: uma vez contabilizados os custos de viver em Winnipeg, como calcular a renda no que se refere ao pagamento de impostos? E se não for pedir demais, como funciona a questão fiscal para as pessoas como vocês, com visto de estudante e OWP?

    • Oie Carlos!

      Poxa, mtmtmt obrigada pela força! Ficamos mt felizes em saber que está gostando do blog 😀
      Bom, as três coisas descontadas do salário pelo governo são: o Income Tax (de 15% a 33% dependendo do seu salary range), o Canada Pension Plan (4.6% após os primeiros $3,500), e o Employement Insurance (1.8%). As taxas mudam anualmente, então as infos que passo são baseadas no ano de 2015-2016.

      Nós fazemos a declaração de imposto de renda com uma empresa de contabilidade aqui de Winnipeg, que oferece desconto para estudantes. Então pagamos $75 os dois, e só precisamos juntar a documentação enquanto eles lidam com o preenchimento dos forms, e etc (por isso não sabemos muito sobre o processo). Mas nós declaramos normalmente, e o estudante recebe uma boa restituição de imposto devido ao custo com o College (:

  • Responder março 28, 2016

    Paine

    Olá Jéssica e Rodrigo,

    Estou querendo imigra com a família. Queremos morar em Winnipeg, mas pretendo ir sozinho antes.
    Estou pensando em fazer o pathway na RRC e depois (agosto/2017) entrar no college.

    Minha dúvida é: será q desde quando eu for e iniciar o pathway até eu iniciar o college consigo trabalho informal pelo menos pra me manter???

    É possível arranjar algo informal???
    Vou ralar muito pra encontrar. Tenho inglês avançado.

    Att
    Antonio

    • Olá Antonio!

      Não temos grande conhecimento das regras do Permit para estudantes de inglês preparatório, mas se as regras forem exatamente as mesmas de quem tem um “study permit” para curso superior, full-time, você poderá trabalhar apenas 20 horas por semana. E aí, se o emprego pagar apenas o salário mínimo, você terá um renda de aprox. $880/mês (é importante lembrar que há desconto de taxes em cima desse valor). Aí, se quiser ter uma idéia de custo de vida, dá uma olhada no nosso post sobre o assunto pra analisar melhor.
      Mas se o inglês é avançado, provavelmente não há a necessidade de fazer um Pathway antes de iniciar o college, e isso pode te salvar alguns dólares, tanto no curso quanto em custo de vida (:

  • Responder março 30, 2016

    mariana

    Olá, atualmente moro no Brasil e estou a 2 anos tentando cursar Medicina em uma federal, então decidi achar um plano B, que no caso seria cursar medicina no Canadá, buscando sobre varias faculdades me interessei muito na Universidade de Winnipeg! Queria saber se vocês tem conhecimento sobre o que é necessário para graduar no Canadá, questão de valores e bolsas, se tem algum programa do governo para estrangeiros ir cursar a faculdade gratuitamente,etc. Gostaria muito de saber também como é o clima ai, pelo que li de novembro a março faz muito frio e o restante do ano muito calor, e q tem enchentes e Winnipeg é uma das cidades com maior indice de criminalidade no Canada, as informações batem? Em fim, só quero ter um norte para começar ir atras do meu sonho. Aguardo ansiosamente uma resposta. ^^

    • Ola Mariana!
      Eu tenho maior conhecimento sobre os cursos de Business, infelizmente nao tenho qualquer conhecimento sobre cursos de Medicina. Mas penso que esse curso deva ter requirements mais especificos e limitados, por isso recomendo que pesquise diretamente no site da University of Winnipeg (http://www.uwinnipeg.ca/) ou da University of Manitoba (http://umanitoba.ca/) especificamente para Estudantes Internacionais.
      Sobre os programas do governo eu conheco apenas o Ciencia Sem Fronteiras (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/).

      Winnipeg tem as 4 estacoes do ano super bem definidas, entao eh isso mesmo: no verao temos um super calor, e no inverno super frio. haha Mas o inverno realmente parece durar um pouco mais de tempo… A gente ainda esta com temperaturas abaixo de zero e ja estamos no meio de Abril.
      O problema das enchentes em Winnipeg ja foi enderecado ha algum tempo. Nao acontecem mais grandes enchentes na cidade.
      Realmente Winnipeg esta entre as cidades com maior indice de criminalidade, mas isso acontece entre a “populacao marginalizada” – membros de gangues, por exemplo. Nunca nos aconteceu nada desde que chegamos, mas procuramos evitar algumas regioes “problema” da cidade.

  • Responder maio 1, 2016

    Thomas

    Olá, primeiramente muito legal ver de forma clara e sincera vcs explicando e esclarecendo as duvidas de todos.

    Estou indo para Winnipeg e minha esposa vai fazer pathway na RRC Pelo menos 4 meses de curso de inglês, sei que o tema que irei expor aqui é um pouco delicado, mas só poderei trabalhar formalmente quando ela começar o curso de business dela, ou seja irei ficar 4 meses sem poder trabalhar formalmente. Minha pergunta é, tem como arranjar bicos ou até mesmo um trabalho informalmente? Sei dos riscos mas é muito ruim ter que gastar o que foi juntado em Real.

    Abs

    • Olá Thomas!

      Esse é um tema realmente bastante delicado por aqui, especialmente porque o Canada facilita bastante a imigração para o país – e não é interessante arriscar as possibilidades de imigração por conta de “alguns dólares a mais”.
      Como a imigração é bastante facilitada por aqui, as empresas não tem dificuldade em encontrar imigrantes dispostos a trabalhar em empregos mais informais, então não precisam recorrer a imigrantes ilegais, por exemplo. Além de existir também um grande risco para qualquer empregador quando contrata um imigrante ilegal.

      O que nós gostamos de passar para os leitores é o fato de que quando você está mudando para um novo país, que te dá todo o suporte para que eventualmente você se torne um residente permanente ou até mesmo um cidadão canadense, é esperado que se gaste dinheiro nesse processo. O processo de estudo seguido de trabalho no Canadá está entre os mais “seguros” no quesito retorno de investimento – você paga mais caro, mas as chances de, no futuro, tornar-se um residente permanente é muito maior – já que estará fazendo tudo que é previsto pelo o governo para que se torne um contribuinte para a economia. Arriscar esse investimento, na minha opinião, é muito pior do que aguardar alguns meses para começar a trabalhar legalmente (:

  • Responder outubro 16, 2016

    Daiany

    Boa tarde Casal…
    Minha duvida é em relação a mercado de trabalho para técnico em edificações. Vocês tem alguma informação sobre esse assunto?
    Meu marido se formará ainda esse ano, e pretendemos nos mudar até o fim do ano que vêm.
    Outra dúvida é, vocês tem ideia de como é o ingresso na universidade?

Leave a Reply